Como consultar o extrato previdenciário (CNIS) pelo Portal Meu INSS

O extrato previdenciário (CNIS – Cadastro Nacional das Informações Sociais) traz todas as informações que o INSS possui sobre cada cidadão, de acordo com o número de CPF. É um documento muito importante para solicitar os benefícios e fazer os cálculos da aposentadoria. Ele serve como prova da sua filiação ao INSS. Estão no extrato previdenciário (CNIS):

  • Dados cadastrais do trabalhador;
  • Empresas onde trabalhou;
  • Início e fim de cada vínculo empregatício;
  • Salários Recebidos;
  • Mês e valor do seu último salário em cada empresa;
  • Os salários de referência para suas contribuições previdenciárias;
  • As contribuições feitas por meio do GPS: Guia de Recolhimento à Previdência Social, para os contribuintes individuais ou prestadores de serviços.

As informações dos servidores públicos efetivos (Regime Próprio de Previdência) não constam no CNIS.


Como retirar seu Extrato Previdenciário

Como consultar o extrato previdenciário (CNIS) pelo Portal Meu INSS

Retirar seu extrato previdenciário é muito simples e pode ser feito pelo computador, celular ou tablet. Para isso, você precisa estar logado no Portal Meu INSS. Siga esses passos para entrar no site:

  1. Acesse o portal Meu INSS: https://meu.inss.gov.br/central/index.html
  2. Clique em “Entrar”, na parte superior direita da página;
  3. Depois clique em “Login”

Se você já tiver cadastro no Portal, basta inserir seu CPF e senha.

  1. Caso não, clique em “Cadastre-se”
  2. Abrirá uma nova página: insira os dados pessoais solicitados;
  3. Clique em próximo;
  4. Responda a cinco perguntas sobre seus empregos anteriores;
  5. Anote a senha provisória que aparecerá em tela;
  6. Volte para a página inicial;
  7. Clique em “Entrar”, “Login”;
  8. Insira seu CPF, a senha provisória anotada e uma nova senha de sua preferência;
  9. Seu login foi efetuado.

A nova senha precisa ter 9 caracteres no mínimo, e pelo menos uma letra maiúscula, uma minúscula, um número e um caracter especial.

Depois de entrar no portal com seu CPF e senha, é possível retirar seu extrato previdenciário desta forma:

  1. Clique em “Extrato Previdenciário (CNIS)” (terceira opção no canto esquerdo da tela);
  2. Selecione a inscrição que aparecerá para seu CPF;
  3. Clique na primeira aba: “Relações Previdenciárias”;
  4. Confira seus vínculos empregatícios;
  5. Clique no botão Imprimir.

Trabalhei em uma empresa e ela não está no meu extrato. E agora?

É possível adicionar essa informação aos seus registros. Basta levar na agência do INSS alguns documentos, entre eles sua carteira de trabalho. Na segunda aba do extrato, é possível verificar também se seus dados pessoais estão completos e atualizados. Caso você tenha sentido falta de alguma informação pessoal ou de alguma empresa no seu extrato, é importante atualizar comparecendo a uma agência do INSS.

O agendamento para esse atendimento deve ser feito no próprio portal, na opção “Agendamentos / Requerimentos” > “Atualizações de Informações Previdenciárias” > “Atualização de Cadastro”. A atualização dos seus vínculos e dados pode ser feita a qualquer tempo, não só quando for o momento de solicitar a aposentadoria.


Alguns vínculos empregatícios possuem siglas em vermelho. O que significam?

O extrato previdenciário (CNIS) mostra uma sigla na coluna “indicadores” sempre que houver uma informação pendente naquele registro. Essa mesma sigla aparece abaixo do número que representa a empresa, em vermelho. Cada uma delas tem um significado específico e indicam que algum dado importante não foi fornecido corretamente pela empresa em que você trabalhou.

Se aconteceu qualquer erro na data de final do contrato, tempo total trabalhado, datas de recolhimento da contribuição ou outra informação importante, o extrato vai adicionar essas siglas nas empresas que constam no seu extrato.

Para consertar esses erros, o procedimento é mesmo: é preciso agendar seu atendimento numa agência do INSS seguindo os passos anteriores. É necessário ter o máximo de documentos possíveis comprovando o vínculo empregatício que você deseja corrigir.

Ficou com alguma dúvida? Escreve pra nós aqui nos comentários!


Deixe uma resposta