Como dar entrada no auxílio doença 2019

Confira todos os procedimentos para dar entrada no auxilio doença

O auxílio doença é uma ajuda em dinheiro fornecida pela previdência social aos trabalhadores com a saúde comprometida.

Para ter direito ao auxílio doença, o contribuinte precisa provar que a sua condição não o permite trabalhar naquele momento e que ele não tem outra forma de renda.

Ressalta-se que esse benefício é somente temporário: o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) realiza os pagamentos somente enquanto o trabalhador está doente.

Para confirmar que a situação de saúde continua a mesma, é solicitada uma perícia médica e a renovação dessa perícia periodicamente.

Importa não confundir o auxílio doença e a aposentadoria por invalidez: no caso do primeiro benefício, há prazo determinado de duração; já o segundo é concedido quando o trabalhador comprova que não conseguirá retornar ao mercado de trabalho em nenhuma função.

Vários contribuintes confundem esses dos benefícios, mas basta se lembrar de que a concessão seguida de auxílio doença pode transformar-se em permissão para aposentadoria por invalidez.


Para quais doenças é possível pedir auxílio doença 2019?

É necessário que o contribuinte tenha uma dentre as doenças relacionadas abaixo para pedir o benefício:

  • Doença grave no coração;
  • Contaminação por HIV ou desenvolvimento da AIDS;
  • Espondiloartrose anquilosante, que afeta a locomoção do paciente;
  • Câncer;
  • Hanseníase, que era conhecida, antigamente, como lepra;
  • Cegueira: alguns dos diagnósticos justificam o auxílio doença são retinopatia hipertensiva e glaucoma;
  • Doença de Paget;
  • Doença de Parkinson;
  • Doença grave no fígado;
  • Tuberculose ativa;
  • Radiação por medicina especializada;
  • Doenças graves nos rins;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Esclerose múltipla;
  • Alienação mental.

Todos os diagnósticos têm de ser comprovados por um exame médico que seja recente (preferível que não tenha mais que 90 dias).

Além dos exames médicos, o contribuinte que quer o auxílio doença em 2019 pode mostrar receitas médicas atualizadas e, se tiver, o laudo do especialista.

O laudo em questão deve dizer expressamente qual é a doença daquele trabalhador e que ele não tem condições de exercer nenhuma atividade profissional temporariamente.

Como dar entrada no auxílio doença 2019


Passo a passo para dar entrada no auxílio doença 2019

A previdência social disponibiliza o site Sistema de Administração de Benefício por Incapacidade para que o auxílio doença seja pedido:

  • Abra o link https://www2.dataprev.gov.br/sabiweb/agendamento/inicio.view#sabiweb
  • Coloque o código captcha na caixa de diálogo;
  • Escola dia e unidade do INSS.

Esse agendamento servirá para que as pessoas façam uma perícia, que é um processo necessário para a previdência confirmar a doença.

Dá para fazer a solicitação de auxílio doença e de perícia pelo aplicativo Meu INSS: https://meu.inss.gov.br/central/#/crer. Faça o seguinte:

  • Clique em “Agende sua perícia”;
  • Clique em “Agendar novo”;
  • Coloque o código de segurança;
  • Escolha o Estado e a cidade;
  • Escolha o dia.

A solicitação de auxílio doença em 2019 e o agendamento da perícia correspondente também pode ser feito pelo 135.

O contribuinte que já tinha um horário agendado e não pode ir ao INSS tem te agendar de novo fazendo o seguinte:

  • No link do Meu INSS, clicar em “Agendar sua perícia”;
  • Clicar em “Agendar prorrogação”;
  • Especificar o agendamento feito e escolher uma nova data.

Perícia médica auxílio doença 2019

Quando a pessoa que tem alguma doença listada solicita o auxílio doença em 2019, o próximo passo é fazer o exame pericial, como já falado.

A perícia tem até um mês para comunicar se o benefício é legítimo ou não: se for, a carta de concessão será mandada via Correios para o cidadão.

Se o auxílio doença for negado, também chegará uma correspondência avisando e especificando a razão. Se o contribuinte quiser, poderá dar entrada posteriormente no benefício de novo, recomendando-se pedir ao seu médico novos exames para levar ao perito.


Como se sair bem na perícia do INSS

É claro que a pessoa que não está realmente doente não será aprovada na perícia médica, independentemente de como se comporte. Porém, algumas atitudes tornam mais possível a concessão do auxílio doença em 2019:

  • Levar exames médicos recentes: o laudo médico sozinho não tem peso para o perito considerar a pessoa incapacitada momentaneamente;
  • Se o exame ou o laudo médico têm mais de 3 meses, é mais seguro solicitar outros antes de ir à perícia do INSS;
  • Não demonstrar afobação para “convencer” o perito: é vantajoso para o contribuinte ser o mais natural o possível.

Como dar entrada no auxílio doença 2019


Valor do auxílio doença em 2019

O auxílio doença não é um benefício com valor determinado, como a maioria daqueles que o INSS paga.

Para saber quanto receberá, o contribuinte deve saber o valor das suas últimas 12 contribuições e, então, fazer a média.

O benefício em questão pode ser sacado em toda a rede Caixa Econômica Federal e não somente nos bancos, mas nas caixas lotéricas e até indo a um correspondente.

Para o saque ser possível, a pessoa precisará do seu cartão do INSS e do documento pessoal: se o cartão ainda não foi feito, dá para sacar com a carta de concessão e o documento.


Deixe uma resposta