Browse Tag

Extrato INSS

Como fazer consultas pelo Portal Meu INSS

O Portal Meu INSS surgiu para auxiliar e melhorar a forma de consulta e solicitação por parte dos segurados. Ele concede mais autonomia para o trabalhador dar entrada em benefícios como aposentadoria, pensão por morte e auxílio-doença.

Através da página, não é mais necessário aguardar em filas, que podem durar horas, enquanto se espera pelo atendimento em uma agência da Previdência Social.

Esse site possui também informações sobre todos esses benefícios previdenciários, assim como permite agendar alguns atendimentos e acessar os serviços que estão disponíveis online.

O cidadão pode, ainda, acompanhar todos os pedidos de benefícios realizados, pode fazer uma simulação da aposentadoria, atualizar o endereço que foi cadastrado e por fim, consultar o seu extrato de pagamento de cada mês.


Quem pode se cadastrar no Portal Meu INSS

Todos os brasileiros que são segurados do INSS ou que já se aposentaram pela Previdência Social podem utilizar o portal ‘Meu INSS’. Basta fazer um rápido cadastro.

Passo a passo para fazer o cadastro no Portal Meu INSS

Para aproveitar as vantagens do portal, primeiramente é necessário ter cadastro no site do INSS. Veja como funciona o passo a passo:

1. Acesse o portal pelo endereço https://meu.inss.gov.br/central/index.html;

2. Clique no ícone de ‘Área do Usuário’, localizado no lado superior direito da página;

3. Clique no botão ‘Login’.

4. Uma nova janela do sistema cidadão.br será aberta; role a página e clique em “Cadastre-se”;

5. Em seguida, informe seus dados pessoais, como estado onde nasceu, nome de … Clique aqui para ler o artigo completo

Como consultar o extrato do INSS pela internet

Por questão de hábito ou segurança, muitos aposentados ou pensionistas têm preferência por tirar o extrato do INSS pessoalmente em caixas eletrônicos. Mas você sabia que também é possível realizar essa operação através da internet? Essa é uma opção muito mais cômoda e prática do que ter que enfrentar as longas filas dos caixas. Além de conferir a movimentação da sua conta, no site da Previdência Social você também consegue consultar saldo e verificar os valores. E é tudo muito seguro.

Se você ficou interessado e quer aprender a fazer os procedimentos online, a partir de agora nós vamos explicar um passo-a-passo completo para você consultar o extrato do INSS pela internet. Acompanhe o texto até o final e veja como é simples.

Como fazer a consulta

consultar-extrato-inss-internet

1. Primeiro você precisa acessar o site da Previdência Social.

previdencia-social

2. Agora é preciso preencher o Formulário de Pagamentos com o número do benefício, a data de nascimento, o nome do beneficiário e o CPF. O número do benefício pode ser visualizado no cartão do banco.

extrato-pagamentos-inss

3. Agora digite a sequência apresentada na caixa de segurança.

extrato-pagamento-inss

4. Em seguida você deve clicar em “Visualizar”. Você será automaticamente encaminhado para conferir uma página contendo o seu extrato do INSS. Se der algum erro neste processo, você precisa recomeçar novamente.

extrato-inss

5. Você pode clicar no ícone da impressora na tela para imprimir o seu extrato. Também é possível salvar o arquivo no seu computador para consultar quando quiser.

É seguro consultar pela internet?

Clique aqui para ler o artigo completo

Veja como participar do Concurso do INSS 2016; salário chega a 7.500 reais

O Concurso Público do INSS 2016 está com inscrições abertas. O certame disponibiliza 950 vagas de nível superior e médio, com salários de R$ 7.496,06 e R$ 4.886,87, respectivamente. Os candidatos podem se inscrever somente pelo site www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015 até as 23h59 do dia 22 de fevereiro. A taxa é de R$ 65 (nível médio) e de R$ 80 (nível superior).

Vagas e cargos

As oportunidades do Concurso do INSS estão divididas entre 150 vagas de nível superior, para o a atividade de Analista do Seguro Social, e 800 vagas de nível médio, para a ocupação de Técnico do Seguro Social. 5% dos cargos estão reservados para portadores de deficiência, e outros 20% para negros.

Ao todo, o concurso destina postos de trabalho em mais de 600 municípios nos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, Roraima, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Distrito Federal.

Provas

concurso-publico-inss-2016

Se não houver nenhuma alteração no edital, as provas objetivas estão programadas para 15 de maio de 2016. O turno da manhã será destinado aos candidatos de nível superior, enquanto os postulantes de nível médio farão o concurso no período da tarde. A duração dos exames deve ser de 3h30.

Disciplinas

A prova de nível superior terá questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da … Clique aqui para ler o artigo completo

Quem tem direito à aposentadoria por invalidez?

A aposentadoria por invalidez é garantida a todo trabalhador que é ou se torna incapaz de realizar qualquer tipo de atividade profissional. Para o segurado receber o benefício, é necessário comprovar que ele não está apto a realizar qualquer outra função a fim de prover o seu sustento.

Esse parecer é dado pela equipe de peritos do INSS, sendo que o valor deverá ser pago durante todo o tempo em que essa incapacidade permanecer. O quadro médico do beneficiário deve ser reavaliado a cada dois anos para que a pessoa continue recebendo o benefício sem interrupções, e da melhor maneira possível.

Como receber a aposentadoria por invalidez

O primeiro passo para dar entrada no benefício é fazer um requerimento de auxílio-doença. Somente após a perícia do INSS constatar o impedimento para trabalhar, o segurado poderá receber os pagamentos. No entanto, para ter direito a aposentadoria por invalidez, o cidadão precisa preencher algumas especificações, sendo que cada caso precisa ser analisado de maneira diferente, são eles:

1. Doença contraída antes de fazer parte da Previdência

A pessoa que se filiar à Previdência Social com uma doença pré-existente, ou com algum tipo de lesão que levou ao estado de não poder exercer as suas funções trabalhistas, não têm direito à aposentadoria por invalidez. Ela só receberá o benefício se essa incapacidade agravar ainda sua condição de saúde.

2. Acréscimo de 25% para acompanhamento

O cidadão que precise de um acompanhante por conta da sua enfermidade poderá ter o salário da sua … Clique aqui para ler o artigo completo

Como se tornar um segurado do INSS

Os segurados do INSS são todos os brasileiros maiores de 16 anos que realizam mensalmente o pagamento da guia de contribuição para a Previdência Social. Ao pagar a taxa você garante alguns benefícios oferecidos pelo órgão, como aposentadoria, pensão por morte, salário-maternidade, auxílio-doença, entre outros. Existem modalidades distintas de segurados que podem depender de vários fatores, entre eles, o tipo de atividade exercida pelo profissional. Veja quais são os tipos existentes e como se tornar um segurado do INSS.

Tipos de segurados

1. Empregados

Estão inseridos nessa modalidade os trabalhadores que possuem carteira assinada e um vínculo empregatício com alguma companhia, exercendo atividades regulares, sendo dependentes dessa empresa ao receber um salário mensalmente.

2. Empregados domésticos

São aqueles trabalhadores que exercem alguma função doméstica dentro da casa do empregador e que tenham a carteira assinada. Vale lembrar que essa atividade passa por um período de adaptação às novas regras, o que garante todo o direito a esses trabalhadores. Estão inseridos nesses casos doméstica, caseiro, jardineiro, governanta, etc.

3. Contribuintes individuais

São pessoas que trabalham de maneira autônoma, como empresário, comerciante, ambulante, feirante, entre outros. São aqueles trabalhadores que não possuem nenhum tipo de vínculo empregatício com alguma empresa.

4. Trabalhadores avulsos

São aqueles profissionais que prestam serviços para diversas empresas, mas que são ligados a algum sindicato ou outros órgãos gestores. O mesmo vale para os casos em que esse profissional presta esse serviço com um contrato assinado pela própria companhia.

5. Segurados Facultativos

São aqueles contribuintes que não … Clique aqui para ler o artigo completo

Como pagar INSS em atraso

Entenda como funcionam as regras para pagar o INSS em atraso

O pagamento do carnê de contribuição do INSS é a melhor solução para as pessoas que não têm registro em carteira. Desse modo, elas conseguem acumular contribuições suficientes para solicitar aposentadoria mais a frente, além de auxílio saúde.

Apesar de essa opção ajudar bastante o trabalhador, há pessoas que não sabem bem como a utilizar e nem como começar a contribuir.

Fique sabendo aqui como pagar o INSS quando ele estiver em atraso, o que acontece se há atraso e todas as demais informações mais importantes sobre o carnê da previdência.


Como funciona o carnê da previdência?

Ele é, de fato, um carnê parecido com os oferecidos pelas lojas para pagamento a prazo. O cidadão paga determinado valor (de acordo com a sua situação profissional) todos os meses e é através do código de contribuição que essa quantia vai para o INSS.

O peso desse carnê da previdência na hora da aposentadoria é exatamente igual ao peso do recolhimento feito pelas empresas.

Por causa disso, os cidadãos devem pagá-lo de forma regular: caso contrário, o mês que ficou sem contribuição fará com que se demore mais a ter direito à aposentadoria.

Como pagar INSS em atraso


Quem trabalha registrado também pode ter INSS em atraso?

Na maioria das vezes, relaciona-se o atraso no pagamento da contribuição previdenciária aos carnês, mas isso não é uma regra: até mesmo as pessoas que trabalham com registro podem, sim, ter o seu INSS atrasado.

Isso ocorre quando … Clique aqui para ler o artigo completo

Quem tem direito à aposentadoria pelo INSS?

O Instituto Nacional de Seguro Social, ou simplesmente INSS, é o órgão responsável por receber uma contribuição mensal que os trabalhadores precisam fazer à Previdência Social. Essa prática dá direito a uma série de benefícios, entre eles a aposentadoria.

Para usufruir desse valor, é necessário que o pagamento seja feito por um período pré-determinado, sendo que esse tempo é diferente para mulheres e homens. O montante acumulado ao longo da carreira é fundamental para aquelas pessoas que atingem uma idade limite e não conseguem mais exercer suas funções no trabalho.

Apesar de abranger a grande maioria da população ativa, nem todo mundo sabe se tem direito a receber a aposentadoria pelo INSS. Se você também tem essa dúvida, confira as nossas dicas e veja como garantir os seus direitos.

aposentaroria-inss

Por quanto tempo é necessário contribuir?

Só terão direito a receber a aposentadoria do INSS aqueles trabalhadores que contribuíram mensalmente por 30 anos (mulheres) ou 35 anos (homens), sendo que essa contribuição pode ser feita por carteira assinada ou de maneira autônoma.

Vale lembrar que o valor a ser recebido ao final da contribuição vai levar em consideração vários cálculos que envolvem o salário base e também o fator previdenciário, que poderá diminuir consideravelmente a renda final do aposentado. Para eliminar a incidência desse imposto, o governo aprovou recentemente uma “lei de pontos” que estabelece novas regras.

Como funciona o sistema de pontos?

De acordo com essa nova regra, terão direito a aposentadoria as mulheres que atingirem 85 pontos … Clique aqui para ler o artigo completo