Como fazer simulação da aposentadoria 2019

Entenda como funcionam as regras do INSS e veja como fazer simulação aposentadoria 2019

Não faltam contribuintes com dúvidas relacionadas à aposentadoria e, apesar de a idade ser um dos pontos que mais geram questões, o valor também deixa alguns confusos.

Na realidade, vários trabalhadores não sabem quanto receberão de aposentadoria, coisa que é esclarecida com a simulação. Veja neste texto como fazer simulação da aposentadoria 2019.


Quem tem direito a dar entrada na aposentadoria do INSS?

Os brasileiros podem se aposentar, basicamente, em duas situações: quando já apresentam o tempo mínimo de contribuição ou quando ficam doentes de forma irreversível e que os impeça de trabalhar (isso é chamado de aposentadoria por invalidez).

Algumas pessoas poderiam querer incluir uma terceira situação: quando o contribuinte alcança a terceira idade.

Porém, essa forma de se aposentar também está relacionada ao tempo de contribuição, pois os idosos que não tiverem 15 anos de pagamento à Previdência não podem receber a aposentadoria.

Como fazer simulação da aposentadoria 2019


Como dar entrada na aposentadoria 2019

O contribuinte que já tiver direito a se aposentar precisa ligar para 135 e realizar um agendamento no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) mais próximo.

Dá para marcar o atendimento para aposentadoria usando o portal Meu INSS também:

  • Acesse https://meu.inss.gov.br/central/#/;
  • Clique em “Aposentadorias urbanas”;
  • Clique no retângulo azul “Fazer login”;
  • Automaticamente, uma pequena janela será aberta à esquerda. Tanto nesta quanto na janela seguinte, clique em “Cadastre-se”;
  • Depois dessas duas janelas, coloque suas informações pessoais;
  • Escolha a sua senha e agende o atendimento presencial no INSS mais próximo.

Destaca-se que agendar a aposentadoria pelo 135 ou pelo Meu INSS não significa que o contribuinte já é beneficiário e que vai recebe-la.

Será preciso que um funcionário da Previdência Social analise o tempo de contribuição e outros detalhes para que, então sim, a pessoa esteja apta a aguardar a carta de concessão.


Passo a passo para fazer simulação de aposentadoria 2019

O INSS tem várias simulações de benefício, todas elas confiáveis e de graça.

Na simulação automática, por exemplo, o cidadão consegue confirmar se já contribuiu o suficiente para pedir a aposentadoria. Para esse tipo de simulação, é preciso ir ao Meu INSS e fazer o login explicado no item acima: https://meu.inss.gov.br/central/#/.

Também há uma simulação de valores de aposentadoria no link https://sipa.inss.gov.br/SipaINSS/pages/conrmi/conrmiInicio.xhtml. Para fazer o cálculo:

  • Coloque a data de nascimento e o nome completo;
  • Insira o tempo de contribuição;
  • Clique no tipo de benefício desejado.

Se o cidadão souber todos os seus salários de contribuição, poderá preenche-los entre 2019 e 1994 e saber com mais certeza ainda de quanto seria a sua aposentadoria.

Além desses dois tipos de simulação, o INSS também tem a manual, que é feita assim:


Por que fazer a simulação da aposentadoria 2019?

A simulação do benefício ajuda os contribuintes a decidirem se querem pedi-lo naquele momento ou esperar para uma quantia mais próxima ao teto.

Há pessoas que desejam viver unicamente da aposentadoria, sem a intenção de continuar trabalhando, e alguns se decepcionam por ver que o valor do benefício não permite isso.

Para alguns trabalhadores, é necessário contribuir mais poucos anos para receber a aposentadoria integral e, com a simulação, evita-se pedir o benefício antecipadamente.


Carta de concessão do INSS

Quando os simuladores atestam que a pessoa já pode pedir a sua aposentadoria, é certo que o INSS vai concedê-la. Inclusive, o contribuinte deve guardar a simulação como uma prova a seu favor, se for necessário.

Depois do atendimento na unidade da Previdência Social, o trabalhador deverá esperar que chegue a carta com o seu aviso de concessão, valendo dizer que ela é publicada no Meu INSS também.

A carta de concessão deve ser guardada pelo beneficiário sempre, já que ela trará a data de saque a cada mês, o banco, a conta e o valor concedido.

Normalmente, demora entre três semanas e um mês para que a carta de concessão chegue ao contribuinte.

Se ela não for entregue, o primeiro passo é tentar acessá-la no Meu INSS, sendo preciso o login já ensinado.

Se ela também não estiver disponível lá, é necessário retornar à unidade da Previdência com o comprovante de pedido de benefício.

Como fazer simulação da aposentadoria 2019


É seguro fazer a simulação de aposentadoria 2019?

O cidadão não deve confiar a sua simulação de benefício a nenhum site que não seja do INSS.

Há páginas que têm softwares maliciosos e que, identificando que determinada pessoa está tentando se aposentar, repassam isso a bandidos.

Além do risco de crimes, o contribuinte que faz simulações não oficiais não terá a garantia de informação correta.

É possível que os dados usados para cálculos sejam desatualizados ou tenham erro; devido a isso, o contribuinte achará que não pode pedir a aposentadoria ou que tem um valor a receber mais baixo do que o verdadeiro.


Deixe uma resposta