Como fazer agendamento no INSS por telefone

Confira as orientações e saiba como fazer o agendamento INSS por telefone

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) recebe agendamentos todos os dias e de pessoas que precisam dos mais variados benefícios.

Esse órgão, depois de a solicitação de benefício feita, avalia a situação previdenciária da pessoa (quantas contribuições já foram feitas) e como está a saúde do trabalhador (de acordo com o benefício pedido).

Se você precisa fazer um agendamento no INSS, veja aqui como fazê-lo pelo telefone, se é necessário algum documento, o que acontece depois da ligação e muito mais.


Agendamento de INSS por telefone é válido para quais benefícios?

Os agendamentos telefônicos estão disponíveis para:

  • Todos os tipos de aposentadorias (por invalidez, por idade ou por contribuição);
  • Auxílio doença, que é fornecido a trabalhadores que estão doentes ou incapacitados no momento;
  • BCP: é o Benefício da Prestação Continuada, oferecido aos deficientes e aos idosos que não possuem como se sustentar;
  • Pensão por morte: deve ser solicitada pelos dependentes do contribuinte falecido.

Como fazer agendamento no INSS por telefone


Como fazer o agendamento do INSS por telefone

Para qualquer um dos benefícios listados acima, o número para agendamento é o 135.

Ele funciona em todo o país e os contribuintes podem agendar com bastante rapidez, inclusive escolhendo qual é o posto do INSS mais perto da sua casa.

Os contribuintes podem ligar para o 135 utilizando os celulares ou os telefones fixos e até mesmo os telefones públicos.

Como é apenas um agendamento, não é necessário estar com muitos documentos na hora de telefonar: apenas o CPF, o NIS/PIS/PASEP e o RG.

Com relação às tarifas, elas são cobradas apenas quando o contribuinte liga de um telefone celular; para os demais, o contato com o 135 é gratuito. Pode-se fazer agendamentos entre as 7h e as 22h, de segunda a sábado.


O que fazer após o agendamento do INSS por telefone?

A pessoa terá de comparecer ao posto do INSS que escolheu e levar os documentos referentes à sua solicitação:

  • Para quem pede aposentadoria, será preciso levar carteira de trabalho, carnês da previdência (se a pessoa pagou algum), laudos e exames médicos (para quem solicita aposentadoria por invalidez) e comprovantes de que foi exposto a situações insalubres (para quem deseja o adicional de aposentadoria especial);
  • Para quem pede auxílio doença, deve-se levar a carteira de trabalho e/ou os carnês da previdência e os comprovantes médicos da condição de saúde;
  • Para quem pede o BCP: comprovantes da situação médica e de renda. Se o indivíduo pagou os carnês do INSS ou já foi registrada em algum momento, deve levar as guias e a carteira de trabalho;
  • Para quem vai solicitar pensão por morte: é preciso levar ao INSS os comprovantes da dependência financeira (serve a declaração de imposto de renda na qual a pessoa solicitante conste como dependente) e o atestado de óbito do contribuinte.

Dependendo de qual seja o benefício agendado usando o 135, o contribuinte também precisará passar por uma perícia médica.

Essa etapa serve para que os médicos da previdência confirmem que aquele trabalhador não tem condições de retornar ao mercado de trabalho, mesmo que seja em outra profissão.

Durante a perícia médica, o perito questionará a condição de saúde do contribuinte, como ele se acidentou ou adquiriu determinada doença, como é o cotidiano da sua profissão, etc.

Os peritos do INSS também analisarão os laudos e exames médicos para confirmar os relatos que o contribuinte fez.


É possível fazer agendamento INSS pelo aplicativo?

Os telefones celulares permitem uma forma extra de fazer agendamentos na previdência: é pelo app Meu INSS.

Ele é de graça e possibilita ao contribuinte marcar a sua perícia médica ou apenas agendar a entrega dos documentos para outros benefícios.

Para o uso do Meu INSS, a pessoa precisa primeiro fazer um cadastro:

  • Acessa-se “entrar”;
  • A janela mostrará o botão “login”;
  • Clicando nele, o cidadão deverá selecionar “cadastre-se” nas próximas duas janelas;
  • Quando surgir um formulário, o contribuinte tem de preenche-lo e criar uma senha de acesso;
  • Tendo um login, o contribuinte deve usar o menu à esquerda para selecionar “agendamentos/requerimentos”, “aposentadorias urbanas” ou “agende sua perícia”.

O app Meu INSS pode ser baixado no link da Apple Store, no link da Google Play Store ou diretamente no celular, usando o ícone da loja de app. É possível usar o Meu INSS também no navegador clicando aqui.

Como fazer agendamento no INSS por telefone


É possível substituir o agendamento do INSS por telefone pelo agendamento presencial?

Muitas pessoas que já precisaram da previdência social fizeram o seu agendamento nas agências do INSS.

Porém, essa forma de atendimento já não existe mais e os indivíduos não podem mais marcar nada pessoalmente. Há du

  • O número 135 recebe ligações de absolutamente qualquer aparelho telefônico, até mesmo telefones públicos, sem contar que essas ligações são de graça;
  • Não agendar presencialmente diminui a quantidade de pessoas no INSS.

Deixe uma resposta